Neurocirurgiões elogiam estrutura laboratorial do Unipê - UNIPÊ
05/03/2018 17:35 pm - Atualizado em 07/03/2018 14:44 pm

Neurocirurgiões elogiam estrutura laboratorial do Unipê

O Centro Universitário de João Pessoa – Unipê e a American British Health Institute – ABHI continuam fomentando a educação continuada na área da Saúde e promoveram o primeiro Curso Teórico-Prático de Cirurgia da Coluna Cervical de João Pessoa, um segmento importante da cirurgia da coluna cervical, porém com escassos treinamentos práticos.

Professor Ronald Farias, reitora Ana Flávia da Fonseca e professor Christian Diniz.

O curso ocorreu nas dependências do Complexo de Habilidades Experimentais e Práticas – Biotério e do Complexo Laboratorial e Clínica-Escola – Colace, nos últimos dias 2 e 3, sob a coordenação do prof. Ronald Farias, presidente da Sociedade Brasileira de Neurocirurgia – SBN.

O curso ocorreu nas dependências do Complexo de Habilidades Expermentais e Práticas – Biotério e do Complexo Laboratorial e Clínica-Escola – Colace, nos últimos dias 2 e 3, sob a coordenação do prof. Ronald Farias, presidente da Sociedade Brasileira de Neurocirurgia – SBN.

Professor Eduardo Bertolini.

Facilitado por 10 neurocirurgiões nacionais e internacionais, o curso contou com a participação de 30 neurocirurgiões de todo Brasil. O professor Ronald Farias afirmou que “o Unipê está muito bem estruturado para realizar cursos práticos anatômicos e cirúrgicos em cadáveres, corroborado pela afirmação do corpo docente com vivência internacional. Todos ficaram realmente muito satisfeitos e impressionados com a estrutura e afirmaram que não deixa a desejar em nenhuma estrutura mundo afora”.

Professores Cláudio Tatsui e Fernando Dantas.

Eliseu Becco, neurocirurgião participante do curso, também elogiou a estrutura física e funcional para a prática da cirurgia experimental. Becco considerou fundamental a iniciativa do curso para a educação continuada na área da Medicina.

Rômulo Oliveira.

“É um curso que tem um padrão internacional, que não deixa a desejar para nenhum centro de formação no mundo, e eu espero que essa filosofia de educação continuada nesse formato progrida para outras estruturas e órgãos do corpo humano”, disse Becco, que parabenizou o conteúdo pertinente à sua prática diária com interface à multidisciplinaridade.

Professor Vinícius Benites.

Segundo Ronald Farias, a parceria foi bastante profícua para todos os envolvidos, entre médicos estudantes e professores. Ele ressaltou a estrutura proporcionada pelo Unipê por meio do Colace, do Biotério, dos funcionários e do corpo docente da Instituição. “Professora Ana Flávia [reitora], que está dando total apoio, entende que a educação continuada e o aprimoramento científico são salutares para o desenvolvimento da Instituição e da vida acadêmica”, comentou Farias, que também é neurocirurgião.

Participação da Liga Integrada de Neurologia e Neurocirurgia da Paraíba

A Liga Integrada de Neurologia e Neurocirurgia da Paraíba – LINNc-PB, fundada pelos alunos do curso de Medicina do Unipê, também participou do curso da ABHI, instrumentando os professores. “Bem como aprendendo e trocando conhecimentos acerca da neurocirurgia e da neurologia, especificamente com os temas de coluna”, acrescentou o presidente da Liga, Matheus Fernandes. “Então é uma oportunidade muito importante e singular na vida de um estudante”, reafirmou Fernandes.

O curso teve em seu corpo docente os neurocirurgiões:

  • Andrei Joaquim (Universidade Estadual de Campinas – Unicamp, Campinas-SP);
  • Cláudio Tatsui (associate professor in the Department of Neurosurgery at MD Anderson, Houston, Texas);
  • Eduardo Bertolini (responsável do Grupo de Coluna e Preceptor do Serviço de Neurocirurgia do IAMSPE – SP; Hospital dos Servidores de SP);
  • Fernando Dantas (neurocirurgião do Hospital Biocor de Doenças Cardiovasculares e preceptor da Especialização Médica em Neurocirurgia do Biocor Instituto, credenciada pela Sociedade Brasileira de Neurocirurgia);
  • Francisco Sampaio (neurocirurgião no Hospital Sírio-Libanês – SP e coordenador do curso de Técnicas Cirúrgicas da Coluna Vertebral no Miami Anatomical Research Center – EUA);
  • Márcio Ramalho (especialista em Cirurgia da Coluna, membro da SBC, SBN e ASIPP);
  • Róger Brock (coordenador do Grupo de Doenças da Coluna Vertebral e Medula Espinhal do Hospital das Clínicas FMUSP);

Professor Róger Brock.

  • Ronald Farias (neurocirurgião especialista em Cirurgia da Coluna, presidente da SBN e coordenador do curso ministrado no Unipê);
  • Vinicius Benites (Unifesp; presidente da Regional São Paulo da Sociedade Brasileira de Coluna – SBC).

Além do Unipê, apoiaram o curso: Macom – Instrumental Cirúrgico; Fusão – Soluções para Medicina; Brainlab; Zeiss; SBN; Hospital Nossa Senhora das Neves; Hospital Dia; e Hospital Memorial São Francisco.

Fonte: Assessoria de Comunicação - ASCOM